Fechar
Buscar no Site

ZEE entra na reta final, informa Luís Fernando a membros da AMC

Luis Fernando com membros da Academia Maranhense de Ciências. Foto: Adriano Martins Costa

O secretário de Estado de Programas Estratégicos, Luís Fernando Silva, recebeu, nesta segunda-feira, 11, a visita do presidente da Academia Maranhense de Ciências (AMC), professor Henrique Mariano Costa do Amaral, na sede da Secretaria de Estado de Programas Estratégicos (SEPE), no Calhau. Acompanharam Henrique Mariano o secretário adjunto da SEPE, Geraldo Cunha Carvalho Júnior; integrantes da AMC – Francisca Neide Costa, André Santos da Silva Neto, Isabel Maria Souza, cel Carlos Furtado, também presidente da Academia Maranhense de Ciências, Letras e Artes Militares (AMCLAM) – e Sálvio Dino de Castro e Costa Junior, do Fórum Estadual de Educação Ambiental do Maranhão.

Luís Fernando falou sobre iniciativas do Governo do Maranhão voltadas para o desenvolvimento do Estado e fortalecimento da participação da sociedade na construção de políticas públicas. Dentre elas, a finalização do Zoneamento Ecológico-Econômico do Bioma Cerrado e Sistema Costeiro Maranhense e a realização das audiências públicas em dez cidades maranhenses, de 19 a 26 de outubro.

“Já estamos na última parte da construção do ZEE, que conta com a participação de pesquisadores, da academia e da sociedade. As audiências aproximam a população deste importante instrumento de desenvolvimento sustentável e sustentado, e reforçam a orientação do governador Flávio Dino de que o ZEE seja uma representação o mais próxima possível da realidade dos maranhenses”.

Luis Fernando falou ainda sobre o desenvolvimento das atividades do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), autarquia vinculada à SEPE, que, dentre outras atividades, orienta sobre a definição de limites territoriais dos municípios maranhenses e desenvolve uma série de estudos nas áreas ambiental, socioeconômica, territorial, dentre outras.

Henrique Mariano destacou que a visita da Academia a secretarias, órgãos e entidades públicas tem o objetivo de aproximar a ciência dos maranhenses. “A AMC busca colocar em discussão a ciência a favor da sociedade. Esta é uma visita estratégica para colocar a nossa capacidade a favor dos estudos necessários para o desenvolvimento do Estado. E a SEPE e a AMC estão bem sintonizadas no que se refere ao desenvolvimento do Maranhão”.

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias