Fechar
Buscar no Site

Vítima de Covid, morre na UDI Arnaldo Martinho, ex-diretor do Cintra

Arnaldo Martinho morreu nesta madrugada, na UDI. (Foto: Reprodução)

Faleceu na madrugada desta quinta-feira, 6, no Hospital UDI, o ex-diretor geral do Cintra (Centro integrado do Rio Anil) Arnaldo Martinho Costa da Costa, de 62 anos.

Vítima de Covid, Arnaldo estava hospitalizado há vários dias, mas não resistiu à piora do seu estado de saúde.

Arnaldo Martinho foi diretor do Cintra por mais de 20 anos, desde o governo de Edison Lobão. Ele era amigo de longas datas de Lobão e toda a família. O filho Edinho Lobão lamentou a morte de Arnaldo, em contato esta manhã com O INFORMANTE.

“O Arnaldo nunca se desligou da nossa família. Acompanhamos a luta dele na UDI e o falecimento dele nesta madrugada. Uma pena, realmente algo muito entristecedor”.

Arnaldo deixou o Cintra depois que Flávio Dino assumiu o governo, sendo nomeado superintendente do DNPM (Departamento Nacional de Produção Mineral), no Maranhão. Agora estava aposentado.

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias