Fechar
Buscar no Site

“Vírus me atingiu de forma muito agressiva”, diz Fábio Gentil após vencer a covid

Em entrevista, Fábio Gentil fala do seu momento difícil e da morte do pai Zé Gentil

Tão logo retornou de São Paulo, onde estava internado no Hospital Sírio Libanês em tratamento da Covid-19, o prefeito Fábio Gentil, de Caxias, (Republicanos), revelou, em entrevista à Rádio Guanaré FM, da região dos Cocais, que está de alta, mas ainda em recuperação, porque o vírus o atingiu de uma forma muito agressiva.

Depois de agradecer aos caxienses e até mesmo a moradores de outras cidades pelas orações a Deus por sua recuperação, Fábio Gentil afirmou: “Recebi alta, mas a recuperação é lenta, porque em mim (o vírus) veio de uma forma muito agressiva. Mas Deus é maior, tem um propósito pra gente e, com certeza, estou na fase final de recuperação para retornar a Caxias e fazer aquilo que eu mais gosto, que é cuidar da minha cidade e cuidar do meu povo”.
Durante a entrevista, Fábio Gentil lembrou das vidas ceifadas pela Covid-19, entre elas a do próprio pai, Zé Gentil. Ele lembrou que os leitos em Caxias para pacientes da Covid-19 estão com a capacidade quase tomada, e reforçou o pedido para os caxienses evitarem festas no fim do ano e as aglomerações.
“A segunda onda está clara em todo o Brasil. A curva média de óbitos e de infectados subiu. Sei que o momento é de festa por conta do Natal de reunir com a família, mas, temos que nos proteger, seguindo os protocolos sanitários”, alertou o gestor.
Fábio Gentil também informou que a prefeitura tem interesse na aquisição da vacina que está sendo produzida pelo instituto Butantã, em São Paulo.
Durante a entrevista, o prefeito de Caxias rebateu notícias maliciosas e fake news sobre a sua transferência para São Paulo. “Comecei o tratamento em Caxias, mas, os médicos perceberam, por meio de exames, que tudo que estava sendo feito poderia ficar irreversível, e aí veio toda a história do meu pai, que ficou irreversível e acabamos perdendo-o”.
O prefeito enfatizou que a decisão de seguir para São Paulo foi uma maneira também de não ocupar leitos na rede pública municipal, abrindo assim espaço para pessoas com menor poder aquisitivo e que não possuem um plano de saúde. “Eu não tinha o direito de tirar a oportunidade das pessoas que não têm condições de não serem internada porque eu estaria lá, ocupando uma UTI”, disse.
Fábio Gentil disse que não demora a retomar as atividades no executivo, e lembrou que Caxias é a primeira cidade do Brasil a pagar o salário de dezembro em meio à pandemia.
“A partir do momento que foi permitido o uso do celular, já que eu estava incomunicável numa UTI semi-intensiva, liguei para o secretário da Fazenda e perguntei se já havia pago os nossos funcionários. E recebi a resposta afirmativa, o que mostra que nós temos uma equipe competente”, finalizou

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias