Fechar
Buscar no Site

Vídeos mostram agressão de desembargador contra casal vítima também de homofobia

Foto: Reprodução

O JP online teve acesso a vídeos que mostram a agressão física do desembargador Jaime Ferreira de Araújo, do Tribunal de Justiça do Estado, contra o casal homoafetivo Vinicius Martins/Ravian Garrido, em uma clínica médica do Jaracaty, em outubro do ano passado.

Na última quinta-feira, o ministro João Otávio de Noronha, Corregedor do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), determinou ao Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) que intimasse Jaime Ferreira a prestar informações na ‘Reclamação Disciplinar’ em que é acusado de agressão e homofobia. O ministro aguarda a resposta do Poder Judiciário maranhense.

Reportagem sobre o assunto foi publicada na edição deste domingo do Jornal Pequeno, com ampla repercussão em São Luís.

Na reclamação ao CNJ, os conviventes Vinicius e Ravian contam que foram agredidos com ofensas verbais, como “veados, moleques, casal de bichas”. Além disso, o magistrado chutou Vinicius Martins na recepção da clínica médica Gastrocentro, no edifício Medical Jaracaty.

O casal revela que chegou à clínica por volta das 6h30, onde Vinicius Martins faria exames, seguidos pelo desembargador Jaime acompanhado de uma mulher. Ambos já discutiam.

Além de brigarem entre si, segundo Vinicius e Ravian, o magistrado e a mulher brigaram com o porteiro, pois eles desejavam que a clínica fosse aberta antes do horário previsto: 7h.

Os conviventes relataram ao CNJ que, após abrir a Gastrocentro, o desembargador e sua acompanhante, em vez de retirarem a senha para atendimento, dirigiram-se a um funcionário da clínica e o agrediram verbalmente. Após a agressão ao empregado, Jaime e companhia foram ao balcão para a retirada da senha de atendimento. Ao receberem a senha de número dois, iniciaram uma discussão com outra funcionária exigindo que fossem os primeiros a serem atendidos. Depois, o desembargador passou a agredir verbalmente Vinicius Martins e Ravian Garrido, que estavam com a senha número 1. Na reclamação, além do Boletim de Ocorrência, foram colocados os vídeos do circuito interno de segurança da clínica.

VEJA OS VÍDEOS

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias