Fechar
Buscar no Site

UTIs municipais de Imperatriz ‘fecham as portas’

A coordenadora médica das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica e Adulta do Hospital Municipal de Imperatriz (Socorrão), Ana Carolina S. T. Maciel, enviou correspondência à direção do hospital comunicando que, “por falta de condições de trabalho”, as unidades não farão novas admissões de pacientes a partir de hoje (ontem).

De acordo com a coordenadora, as unidades não dispõem de equipamentos, como bomba de infusão e respiradores, além de medicamentos básicos, como fenobarbital, soro glicosado 5%, cetamina, cefepima e ceftazidima. Sequer esparadrapo há nas unidades.

Os respiradores necessitam de manutenção e três equipamentos estão fora de uso por avaria.Segundo Ana Carolina, está sendo utilizado um aparelho cuja bateria não carrega, acarretando risco de morte em caso de queda de energia.

 

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias