Fechar
Buscar no Site

Suspeitos de matar cabo e soldado em Buruticupu também são PMs

Tenente Josuel, soldado Tiago Viana e o soldado Gladstone

Serão apresentados na manhã desta quarta, 31, (às 10h), na sede da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA), três acusados pelo assassinato e ocultação dos corpos dos policiais militares maranhenses Júlio César da Luz Pereira (cabo) e Carlos Alberto Constantino Souza (soldado).

Os acusados também são policiais militares. Foram presos o tenente Josuel Alves de Aguiar e os soldados Tiago Viana Gonçalves e Gladstone de Sousa. Os três trabalham em Buriticupu.

Um dos soldados (Tiago) é natural de Açailândia e o outro (Gladstone) de Bom Jesus das Selvas.

O tenente foi preso em São Luís, onde reside.

O cabo Júlio César e o soldado Carlos Alberto desapareceram no dia 17 de novembro de 2016, em Buriticupu.

Júlio César era lotado em Estreito e Carlos Alberto em Buriticupu (área de intensa atuação de madeireiros ilegais).

O caso foi investigado pela delegada Nilmar da Gama Rocha, que prendeu os acusados ontem (30).

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias