Fechar
Buscar no Site

Supremo dá liminar para Lula não ser preso até o dia 4

Lula conseguiu ganhar tempo graças à divisão do STF

Após o adiamento para o próximo dia 4 do julgamento do pedido de habeas corpus para Lula, a defesa do ex-presidente pediu uma liminar para que não houvesse cumprimento de ordem de prisão até o fim do julgamento.

A liminar foi deferida pelo Supremo.

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias