Fechar
Buscar no Site

Simplício diz que novo ambiente de negócios no Maranhão garante mais empregos

O Maranhão foi mais uma vez destaque na geração de empregos, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que mostra que, de janeiro a julho, as admissões somaram 116.334 – o saldo total de vagas foi de 24.813.

De acordo com os dados divulgados, foram 194.365 contratações nos últimos meses do ano, gerando um saldo positivo de 41.775 vagas de emprego.

O secretário de Estado de Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo, reforça que os números divulgados pelo Caged refletem a transparência e a democracia junto à classe empreendedora do estado, principalmente nesse período de pandemia da Covid-19.

“A transparência e a comunicação durante esta crise sanitária fizeram com que os empresários aqui no Maranhão, ao contrário de outros estados, tivessem maior segurança para manter seus negócios abertos e, assim, manter os empregos. Por isso que o Maranhão, hoje, tem esse destaque, além dos investimentos públicos realizados pelo governador Flávio Dino, como estradas, escolas, hospitais e a chegada de novos investimentos no estado, o que contribuiu para esse saldo positivo de empregos”, ressaltou Simplício Araújo.

O levantamento informa que, no mês de julho, foram admitidas 17.856 pessoas e gerado um saldo de 4.844 empregos preservados. De janeiro a julho, as admissões somaram 116.334, com saldo de 24.813 vagas. Nos últimos meses, foram 194.365 contratações – com um saldo de 41.775.

O setor de Serviços foi o que teve melhor desempenho, com um saldo de 1.420 novas vagas.

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias