Fechar
Buscar no Site

Sarney viaja com a “palavra” de Roseana de que será candidata

José Sarney viajou a Brasília certo de que a filha será candidata ao governo

Uma informação obtida por O INFORMANTE, no início da madrugada dessa sexta-feira, dá conta de que o ex-presidente José Sarney viajou a Brasília, na tarde de ontem, 17, com a “palavra” de Roseana de que ela será candidata ao Governo do Estado nas eleições de outubro.

A ausência do senador João Alberto numa reunião de ontem (que acabou sendo adiada para hoje) não evitou que os demais presentes saíssem do encontro comentando que a filha de Sarney disputará as eleições contra Flávio Dino.

Participantes mais céticos e que conhecem os rompantes de Roseana, no entanto, disseram que certeza, mesmo, só vão ter quando ela registrar a candidatura. Segundo eles, há uma pressão muito grande sobre a ex-governadora, principalmente do pai e do irmão Zequinha Sarney, pré-candidato ao Senado. Mas há também na família ao menos uma pessoa que é contra Roseana participar do pleito.

No encontro de ontem, sem João Alberto, esteve presente, também, o marqueteiro Antônio Melo, ex-Pública, que trabalhou na campanha de Jackson Lago, em 2006, juntamente com Elcinho Moco, hoje na equipe de Comunicação e Marketing do presidente Michel Temer. Melo participou também da campanha de Roseana, em 2010, e da de Edinho Lobão, em 2014. Foi chamado por José Sarney e está envolvido nas reuniões que visam chegar a uma definição sobre a presença ou não de Roseana nas eleições de outubro.

Mesmo garantido ao pai que será candidata a governadora, Roseana deixou claro que suas condições precisam ser atendidas. Ela quer o controle total do PMDB, a viabilização financeira da sua campanha e quer, também, que o controle decisivo da TV Difusora saia das mãos do grupo comandado pelo governador Flávio Dino. “Não posso ficar apanhando de uma televisão que, de direito, a um candidato ao Senado do meu grupo (no caso Edison Lobão)”, afirma Roseana ao impor as condições para sair candidata. “Também não posso dizer que sou candidata, porque nesse momento sou pré-candidata”, complementa a ex-governadora, repreendendo os ansiosos que a pressionam para que diga logo que é candidata.

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias