Fechar
Buscar no Site

Roseana não aceita ‘velharia’ em sua chapa

Roseana na reunião com Temer

“Eu não vou ser candidata para carregar nas costas Lobão e Zequinha”, bradou, neste domingo, a ex-governadora Roseana Sarney numa reunião com integrantes do seu grupo, em Brasília. Ainda no domingo, segundo informou o blog da jornalista Andréia Sadi, Roseana e alguns ministros foram recebidos no Palácio Jaburu pelo presidente Michel Temer “para discutir o cenário político e a denúncia contra ele na Câmara dos Deputados”.

Ao deixar claro que não vai aceitar ‘velharia’ em sua chapa, Roseana incluiu o próprio irmão e ministro do Meio Ambiente José Sarney Filho. Mas em relação a Zequinha a reação dela é interpretada mais em função do pensamento que sempre teve em relação ao irmão, de que ele “não tem voto” para concorrer a cargo majoritário. Esse raciocínio, inclusive, foi um dos fatores motivadores do rompimento entre Sarney e José Reinaldo, porque, na época, se o ex-presidente tivesse optado pela candidatura de Zequinha ao governo do Estado (e não Roseana) a briga teria sido contornada.

Fonte que teve ‘acesso’ à conversa de Brasília revelou a O INFORMANTE que Roseana defende uma chapa renovada, em que sugere, inclusive, o nome do deputado Roberto Costa como candidato ao Senado, para fazer frente ao jovem Weverton Rocha, por exemplo.

 

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias