Fechar
Buscar no Site

Quadrilha que invadia WhatsApp de deputados do Maranhão é presa em São Luís

Policiais federais e civis estiveram no condomínio Ilhas Gregas na manhã desta terça

Policiais civis e federais prenderam preventivamente na manhã desta terça (17) ao menos 8 pessoas, em São Luís, acusadas de aplicar golpes invadindo o WhatsApp de pessoas importantes no Maranhão e em outros estados.

Vários deputados maranhenses, como Vinícius Louro, Valéria Macedo  e Adriano Sarney foram vítimas do golpe, que consistia em invadir o WhatsApp e depois exigir depósitos em contas de ‘laranjas’ para liberar o aplicativo. Segundo informações preliminares, um governador e um ministro de Estado também teriam sido vítimas do golpe. De apenas uma das vítimas, os criminosos conseguiram tiram R$ 70 mil.

O líder do bando, identificado como Leonel Pires Júnior, foi preso no condomínio Ilhas Gregas, no Parque Shalon, para onde havia se mudado ontem (16).

Dois carros de luxo – um BMW e uma SW4 – também foram apreendidos.

Leonel Pires foi levado para a sede da Polícia Federal, na Cohama, enquanto os outros presos estão na sede da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), no bairro de Fátima. (Oswaldo Viviani)

 

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias