Fechar
Buscar no Site

Quadrilha que invadia WhatsApp de deputados do Maranhão é presa em São Luís

Leonel Pires foi apontado pela polícia como líder do bando que aplicava ‘golpe do zap’

 

Policiais civis e federais prenderam preventivamente nesta terça (17/7) ao menos 8 pessoas, em São Luís, acusadas de aplicar golpes invadindo o WhatsApp de pessoas importantes no Maranhão e em outros estados.

Vários deputados maranhenses, como Vinícius Louro, Valéria Macedo  e Adriano Sarney foram vítimas do golpe, que consistia em invadir o WhatsApp e depois exigir depósitos em contas de ‘laranjas’ para liberar o aplicativo. Segundo informações preliminares, um governador e um ministro de Estado também teriam sido vítimas do golpe. De apenas uma das vítimas, os criminosos conseguiram tiram R$ 70 mil.

O líder do bando, identificado como Leonel Pires Júnior, foi preso no condomínio Ilhas Gregas, no Parque Shalon, para onde havia se mudado ontem (16).

Dois carros de luxo – um BMW e uma SW4 – também foram apreendidos.

Leonel Pires foi levado para a sede da Polícia Federal, na Cohama, enquanto os outros presos estão na sede da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), no bairro de Fátima. (Publicado em 17 de julho de 2018)

 

 

 

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias