Fechar
Buscar no Site

Prorrogado o prazo de credenciamento do São João

Foto: Reprodução

A Secretaria de Estado da Cultura prorrogou o prazo ´para quem ainda não conseguiu se credenciar para o São João 2022, a ser realizado pelo Governo do Estado. Previsto para encerrar nessa sexta-feira, 22, o credenciamento agora pode ser feito até o dia 29 de abril, por artistas, produtores e grupos juninos interessados em participar da festa.
A extensão tem o intuito de contribuir para adesão da classe artística, como avalia o secretário de Estado da Cultura, Paulo Victor.

“Nossa missão, como secretário de Cultura do Maranhão, é atender a ponta, atender o nosso povo, garantir que as nossas manifestações culturais participem do maior São João do Brasil. Por isso, vamos estender o prazo do credenciamento das atrações. Estamos a postos para tirar dúvidas e auxiliar da melhor maneira”, disse.
As inscrições podem ser feitas das 10h às 12h e das 14h às 18h, na sede da Secma, na Avenida dos Holandeses, nº 1803, São Marcos, em São Luís. Não serão aceitas inscrições pela Internet.
Os artistas que não moram na Região Metropolitana de São Luís podem se inscrever via Correios, com Aviso de Recebimento, postadas até o último dia de inscrição, devendo a documentação chegar no endereço da sede da Secma (Avenida dos Holandeses, nº 1803, São Marcos, São Luís – MA, CEP 65.077-357), até o último dia de inscrição, 29.
Podem se cadastrar para o São João 2022 artistas e grupos que pertencem às categorias:  Artes Cênicas, Banda/Show, Bumba Meu Boi, Cordel e Repente, Danças Regionais, Forró Pé de Serra, Grupo Alternativo e Tambor de Crioula.
A Secretaria ressalta que esse é um edital de credenciamento de atrações. Os artistas selecionados poderão ser contratados pela Secma, de acordo com a necessidade da Secretaria durante o período junino.
Acesse em cultura.ma.gov.br a íntegra do edital e confira o valor dos cachês por categoria e as regras completas do credenciamento de atrações para o São João do Maranhão 2022.

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias