Fechar
Buscar no Site

Presidente da Câmara de Caxias e assessor de Fábio Gentil morrem em trágico acidente; mais informações

Teódulo e Sinésio morreram no trágico acidente

 

Um grave acidente, nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira, 7, em Caxias, provocou a morte do presidente da Câmara Municipal de Caxias, Teódulo Aragão, e do assessor particular e primo do prefeito Fábio Gentil, Sinésio Aquino, marido da vereadora caxiense Cynthia Lucena.

As primeiras informações dão conta de que os dois estavam indo de Caxias para Teresina e em frente ao Distrito Industrial de Caxias aconteceu o grave acidente. O carro desceu um barranco e bateu num num tronco de árvore.
O veículo em que Teódulo e Sinésio viajavam  ficou completamente destruído. Uma assessora do presidente da câmara, identificada como Cinete, estava no carro e foi levada para o hospital de Caxias com vida.

Sinésio, Teódulo e Cinete estavam indo para o povoado Barro Vermelho, na região de Caxias, quando aconteceu o acidente.
Novas informações dão conta de que um veículo antigo, um Puma, teria se envolvido no acidente.

Mais informações – O acidente que matou o presidente da Câmara, Teódulo Aragão, e o assessor particular e primo do prefeito Fábio Gentil, Sinésio Aquino, aconteceu aproximadamente no Km 561 da Br-316, entre Caxias e Timon. Os dois viajavam em companhia da assessora da câmara identificado como Cinete (está internada), e se dirigiam para o povoado Barro Vermelho, município de Caxias, numa caminhonete Hilux conduzida por Teódulo.
Em frente ao Distrito Industrial (Centro Empresarial) caxiense, o presidente da Câmara tentou uma ultrapassagem numa curva e deparou com um veículo Puma, vindo em sentido contrário. Ao desviar do carro, Teódulo perdeu o controle da Hilux e bateu violentamente no tronco de um pequizeiro. Com o impacto, os três ocupantes, provavelmente sem cinto de segurança, sacaram da caminhonete.
Cinete está hospitalizada em Caxias.

Policiais rodoviários que estiveram no local disseram que pelas marcas no chão e as condições que analisaram, o condutor da Hilux dirigia numa velocidade muito alta.

 

 

 

 

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias