Fechar
Buscar no Site

Prefeitura de Ribamar é incluída no Cadin por dívida insignificante da gestão de Gil

O prefeito Luís Fernando Silva, continua “se virando nos trinta” para concretizar a sua sonhada missão de reconstruir São José de Ribamar. O mais recente entrave, a que O INFORMANTE teve acesso, foi uma dívida relativamente pequena, porém extremamente prejudicial, que teve como conseqüência a inclusão da prefeitura ribamarense no temido Cadin (Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público).

Trata-se de uma dívida com a empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, no mísero valor de R$ 7.917,73, referente a serviços de postagens relativos aos meses de agosto, setembro e outubro, de 2016.

Após análise administrativa do processo, o débito foi classificado como Despesa de Exercícios Anteriores, e, para evitar maiores danos ao município, a dívida foi paga pela atual gestão.

Com a permanência no Cadin, a Prefeitura de Ribamar não poderia, por exemplo, celebrar o suado convênio que conseguiu com o Governo do Estado para a realização do Carnaval de 2017.

Com os débitos quitados, porém, o município sai da lista do Cadin e volta a ficar limpo. Bom para a terceira maior cidade do Maranhão.

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias