Fechar
Buscar no Site

Políticos e magistrados não levam a sério briga de Kajuru e Bolsonaro e dizem ser melhor ignorar

Jorge Kajuru (Cidadania-GO) durante sessão no Senado - Pedro Ladeira-14.mar.2019/Folhapress

Políticos experientes e magistrados falam em ignorar Jair Bolsonaro na confusão criada sobre a CPI da Covid. Eles dizem ver na ação a busca pelo conflito, terreno preferido do presidente. Além do descrédito de Bolsonaro, o outro personagem, Jorge Kajuru (Cidadania-GO), é tratado como de baixa relevância.

A avaliação é um retrato da realidade: a tentativa de sufocar uma CPI, com ameaças ao STF, seria considerada gravíssima em qualquer lugar, mas não é levada a sério no Brasil.

Governistas e oposição não sabem nem mesmo de que lado devem ficar. Kajuru e Bolsonaro acumulam episódios controversos e poucos acreditam o suficiente em qualquer um dos dois para decidir qual lado tomar. No STF, ministros falam em Carnaval.

Existe indeterminação também sobre as características da CPI. Ainda que já se saiba os partidos que vão definir os indicados, a relação oscilante de Bolsonaro com os parlamentares faz com que ele tenha apoiadores e opositores dentro de uma mesma sigla em proporção incomum. (Camila Mattoso – Painel da Folha)

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias