Fechar
Buscar no Site

Polícia Civil do Piauí divulga nomes dos presos na ‘Operação Infiltrados’

Vinte e um dos 23 mandados de prisão da “Operação Infiltrados”, deflagrada na manhã deste terça (9) pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), do Piauí,  que investiga fraudes em concursos públicos, foram cumpridos.

Foram presos 12 agentes da Polícia Civil, um advogado, dois agentes penitenciários e outros seis suspeitos de envolvimento com o grupo criminoso. Dois suspeitos estão foragidos – um deles, policial civil.

Cerca de 100 agentes saíram às ruas para cumprir 23 pedidos de prisões preventivas, temporárias e conduções coercitivas, além de 28 mandados de busca e apreensão, em cidades do Piauí, Ceará e Pernambuco.

Veja os nomes dos presos e foragidos da “Infiltrados”:

POLICIAIS CIVIS

1 Cícero Henrique de Sousa Araújo

2 Maria dos Remédios Alcântara Santiago

3 Jean Ribeiro da Costa

4 Ricardo Araújo Mesquita

5 Paulo Alberto Machado Cerqueira

6 Thiago da Silva Macedo

7 Priscila Almeida Lima

8 Aline de Miranda Carvalho Nóbrega

9 Anderson Vasconcelos da Nóbrega

10 Cyro Nascimento Fonseca

11 André Luís de Carvalho

12 José Clodomar Sabóia Júnior

13 Antonio Lopes da Silva Júnior (FORAGIDO)

 

AGENTES PENITENCIÁRIOS

1 Cristiane Maria Alcântara Santiago

2 José Vilomar Nunes Pereira

 

ADVOGADO

1 Ediberto de Carvalho Gomes

 

OUTROS

1 Cristian Alcântara Santiago (professor)

2 Joselito Batista Alves

3 Sávio de Castro Leite

4 Jardeanny Ernesto da Silva

5 Paulo Roberto Scarcela Muniz

6 Willams da Silva Alves

7 Hermeson José da Silva (FORAGIDO)

 

Entre esses presos, há dois casais de policiais civis (Anderson Vasconcelos da Nóbrega e Aline de Miranda Carvalho Nóbrega e José Clodomir Sabóia Júnior e Priscila Almeida Lima).

Três dos presos são irmãos: o professor Cristian Alcântara Santiago, a agente penitenciária Cristiane Maria Alcântara Santiago e a policial civil Maria dos Remédios Alcântara Santiago.

Os mandados da Operação Infiltrados foram cumpridos, no Piauí, em Teresina, Campo Maior, Pedro II e São Raimundo Nonato.

Outros, em Fortaleza, no Ceará, e em Araripina, Pernambuco.

Os presos foram encaminhados para a Academia de Polícia Civil do Piauí (Acadepol). (Com portais do Piauí)

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias