Fechar
Buscar no Site

‘Pegaram minha assinatura e usaram no documento com meu logotipo’, diz coronel

O coronel Markus Lima negou ter assinado qualquer documento para monitorar adversários do governador Flávio Dino

A ordem que partiu da Polícia Militar do governador comunista Flávio Dino para monitorar adversários políticos no interior do Maranhão está ficando ainda mais esquisita.
O coronel Markus da Silva Lima negou que tenha assinado o documento. Segundo ele, a assinatura foi usada sem o seu consentimento.
Ele disse para o jornal maranhense O Estado (O Estado do Maranhão): “Partiu do CPI [Comando de Policiamento do Interior]. Aí, meu amigo, conversa com alguém do CPI. É assinatura digital, não é do meu conhecimento. Pegaram minha assinatura e colocaram no documento, usando o meu logotipo. Não autorizado por mim, sem meu conhecimento. Mas já estamos apurando”.
Agora ficou mais grave. Gravíssimo.
Para pessoas ligadas ao governo, a notícia, divulgada ontem, por O INFORMANTE, sugere que e “podemos estar diante de mais uma grande armação”. (Publicado em 21 de abril de 2018)

 

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias