Fechar
Buscar no Site

Paulo Victor avança nas articulações com vereadores pelo comando da Câmara Municipal de São Luís

Paulo Victor com o vereador Garcês articulações em andamento

A disputa pelo próximo comando da Câmara Municipal de São Luís está em plena efervescência nos corredores da casa. Pré-candidato à presidência do poder legislativo ludovicense, por exemplo, o vereador Paulo Victor, do PCdoB,  deu mais um passo nas articulações para atrair novos apoios à aliança que visa estruturar  com foco nas eleições que acontecem na primeira quinzena do mês de abril de 2022.

Nesse domingo, 12, Paulo Victor se reuniu com a vereadora Karla Sarney (PSD) e apresentou seu plano de gestão para o Palácio Pedro Neiva de Santana, sede do legislativo da capital maranhense. “Foi um encontro suprapartidário em que apresentamos nossa ideia para a gestão da Casa. Eu não tenho resistência em dialogar com nenhum colega e estou aberto para ouvir cada um naquilo que vai atender a todos: uma gestão democrática”, declarou.

Além de Karla, o parlamentar esteve com o vereador Francisco Chaguinhas, um dos quatro membros do Podemos com assento na Câmara. Na oportunidade, seu grupo político fez uma surpresa ao colega de plenário, que completou 63 anos no dia da reunião, em 12 de dezembro.

Nesta segunda, 13, Paulo Victor recebeu o apoio do vereador Antônio Garcez, que fez questão de manifestá-lo durante a sessão plenária da Câmara. “Vamos ter conversas permanentes e também dialogar com vereadores de outros partidos”, completou Paulo Victor, acrescentando que vem construindo um grupo desde o início do ano.

“Estamos nos preparando para o pleito. Nosso projeto é coletivo, e nenhuma decisão nossa é tomada de forma isolada, mas de forma coletiva”.

O parlamentar disse que seu objetivo é formalizar o grupo como um bloco parlamentar, o que garantiria força numérica na disputa da Casa e peso para conquistar espaços na Mesa Diretora e em comissões importantes.

 

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias