Fechar
Buscar no Site

Parlamentares enrolados na Lava Jato querem tirar o Coaf de Sérgio Moro

O ministro da Justiça Sérgio Moro: ‘o melhor lugar para o Coaf é no Ministério da Justiça’

Parlamentares flagrados na Operação Lava Jato articulam para tomar o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) de Sérgio Moro.

O ministro da Justiça reagiu no Jornal Nacional ontem (segunda, 29):

“Em matéria de segurança pública e enfrentamento ao crime organizado, a integração é tudo. Nós, então, entendemos que o Coaf é um órgão extremamente importante para a prevenção da lavagem de dinheiro. E isso vai facilitar a integração principalmente com os órgãos policiais e do Ministério Público. Assim, isso vai facilitar o enfrentamento a lavagem de dinheiro, ao crime organizado e a corrupção. Essa é a ideia. O presidente Bolsonaro, assim como eu, nós respeitamos a decisão do Congresso. Nós estamos respeitosamente querendo convencê-los de que o melhor lugar para o Coaf é aqui no Ministério da Justiça. Agora, evidentemente, a decisão é dos parlamentares”.

No Congresso Nacional, há oito emendas para tirar o Coaf de Sérgio Moro.

Seis são assinadas por deputados do PT. As outras duas, pelo PSOL e pelo PCdoB.

O chamado ‘Centrão’, claro, apoia o expurgo. Arthur Lira, do PP, disse para O Globo:

“Essa questão do Coaf só não se resolveu ainda porque não votou. Se o relator não fizer, a gente vai tirar do texto da MP da mesma forma, entrando com uma emenda supressiva”. (Com O Antagonista)

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias