Fechar
Buscar no Site

“Ou você escuta que a Covid-19 mata ou quem vai escutar é a sua família”, diz paciente antes de morrer, em áudio usado por governo para conscientizar

O governo de Goiás lançou uma nova campanha para fazer com que os moradores do estado obedeçam às orientações de segurança para evitar a expansão da pandemia de Covid-19. A taxa de ocupação de leitos de UTI no estado está acima de 90%.

A campanha da gestão Ronaldo Caiado (DEM) choca ao exibir as últimas mensagens de áudio enviadas por um paciente de Covid-19 antes de morrer. O governo estadual diz que os áudios são de um caso real e que a ideia é sensibilizar as pessoas.

Nas gravações, o homem fala com dificuldade sobre estar com falta de ar. A campanha termina com a mensagem “Ou você escuta que a Covid-19 mata ou quem vai escutar é a sua família”, acompanhada de recomendações para evitar aglomerações, usar máscara e álcool em gel

“A guerra contra a Covid-19 tem a cada dia perdido uma batalha para o hedonismo, para os discursos simplistas e ignorantes. Leitos estão se esgotando à medida que também esgota a força e a saúde dos profissionais de saúde”, diz Ismael Alexandrino, secretário de Saúde de Goiás.

“Urge termos um mínimo de empatia pelo próximo e respeito pelas centenas de milhares de vidas que foram ceifadas pela Covid-19. Os milhares de leitos abertos serão insuficientes diante de tamanha ignorância humana”, completa. (Camila Mattoso – Painel da Folha)

 

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias