Fechar
Buscar no Site

Casos de Covid em São Luís aumentam; governo do estado e prefeitura precisam tomar medidas

Quando a COVID-19 explodiu no Brasil, em março de 2020, o então governador Flávio Dino tomou à frente e foi o primeiro governador do país a agir com providências cruciais no combate ao vírus que causou a morte de milhares de pessoas. As medidas tomadas por Dino foram fundamentais para que o Maranhão enfrentasse da melhor forma o vírus causador de tantos óbitos.

São Luís, hoje, está diante de um crescimento acelerado de casos positivos de COVID-19. A maioria das pessoas que procuram farmácias, laboratórios e hospitais para fazer o teste está recebendo resultados positivos. Para complicar mais ainda a situação, estamos diante de uma festa junina que está lotando os arraiais da cidade. E que se prolongará até meados de julho.

Não se trata de nada que se compare a 2020, 2021; afinal, a letalidade da nova onda de COVID-19, devido à vacinação da maioria da população, é muito baixa. No entanto, de qualquer forma, o governo do estado deve tomar algumas medidas para tentar conter esse avanço da contaminação. Uma delas seria rever a questão do uso da máscara, que quase não se vê mais em locais públicos. Nos arraiais de São Luís, então, o uso da máscara é praticamente zero.
Mesmo hospitalizado, seria interessante que o governador Carlos Brandão reunisse sua equipe da área da saúde, seus auxiliares mais próximos e desse uma voz de comando em relação q providências que precisam ser tomadas nesse momento em que muita gente está testando positivo para a COVID-19. Da mesma forma precisa agir o prefeito da capital  Eduardo Braide.
O reforço da imunização é importante, mas algumas medidas precisam ser tomadas e anunciadas.

Por iniciativa própria, como “os casos de Covid estão aumentando muito”, conforme disse a O INFORMANTE um diretor de hospital, algumas unidades de saúde já estão tomando certas providências. Já está havendo um aumento de leitos de UTI, como prevenção, e a rede também está aumentado leitos de enfermaria.

 

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias