Fechar
Buscar no Site

Nota de retratação

O blog “O INFORMANTE”, por intermédio de seu editor-chefe, jornalista Lourival Marques Bogéa, pela
presente retratação pública, decorrente de acordo homologado pelo Juízo da 1ª Vara
Criminal Federal da Seção Judiciária do Maranhão, nos autos do processo nº 1006516-
79.2018.4.01.3700, vem a público retratar-se perante os delegados de Polícia Federal
SANDRO ANGÊLO e WEDSON CAJÉ, em razão da matéria publicada por este blog e
pelo Jornal Pequeno, nos dias 14 e 15 de abril de 2018, respectivamente.

Reconhecemos que houve excessos na publicação e retiramos, publicamente, todas as
insinuações que lhes foram atribuídas, principalmente de terem atuado visando dar qualquer tipo de direcionamento político às investigações relacionadas à denominada Operação Sermão aos Peixes.

Após regular investigação conduzida pela Polícia Federal, restou demonstrado
que não procedem as insinuações feitas por este blog de que o Delegado de Polícia
Federal SANDRO ÂNGELO teria agido para buscar influenciar o Delegado de Polícia
Federal WEDSON CAJÉ na condução da Operação Sermão aos Peixes.

Ao contrário do que foi afirmado por este blog a respeito da atuação do Delegado de
Polícia Federal WEDSON CAJÉ, não procedem as insinuações e afirmações segundo as quais o Delegado
WEDSON CAJÉ teria esquecido os crimes cometidos em gestões anteriores, para
perseguir a atual gestão da Secretária de Estado da Saúde do Maranhão.

A esse respeito, é preciso reconhecer que, ao contrário do que foi publicado por este blog, os Inquéritos Policiais relacionados à Operação Sermão aos Peixes, conduzidos pelo Delegado WEDSON CAJÉ, resultaram em prisões, indiciamentos e denúncias oferecidas pelo Ministério Público Federal de pessoas que teriam cometido crimes em detrimento do sistema de saúde estadual no período de 2010 a 2017, portanto, ilícitos, em tese, cometidos tanto num, como noutro governo estadual.

Por tal motivo, este blog se retrata quanto às insinuações de que o Delegado WEDSON
CAJÉ teria atuado com direcionamento político e passado a perseguir a atual gestão da
Secretaria de Saúde. Em razão da publicação equivocada, a presente retratação tem o
escopo de restabelecer a verdade e dissociar as figuras dos delegados às insinuações
indevidamente publicadas.

Diante disso, lamentamos o equívoco cometido e solicitamos sinceras desculpas ao
Delegado WEDSON CAJÉ e SANDRO ANGÊLO, razão pela qual retratamos diante do Poder Judiciário, do Ministério Público Federal e do leitor.

 

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias