Fechar
Buscar no Site

“Nossa prioridade é o fortalecimento do grupo”, diz Gil Cutrim sobre novo coordenador da bancada do MA

Gil Cutrim: em nome da unidade e do fortalecimento

“A nossa prioridade é o fortalecimento do grupo, na busca de projetos de interesses do Maranhão. E neste momento, achamos que deputado Juscelino Filho tem mais a contribuir à frente deste grupo”. A declaração (veja íntegra da matéria na edição impressa dessa terça-feira, 26, do Jornal Pequeno) foi feita pelo deputado federal Gil Cutrim (PDT), em conversa com o jornalista Gil Maranhão, em Brasília. Nela, Cutrim justifica por que abriu mão da sua candidatura a coordenador da Bancada Federal do Maranhão no Congresso Nacional, em apoio ao deputado Juscelino Filho (DEM).
A eleição para escolha do novo coordenador do colegiado maranhense está marcada para a tarde de amanhã, 26, na Câmara dos Deputados, quando o nome do democrata – agora candidato único – deverá ser aclamado.
Pela manhã, Gil Cutrim usou as redes sociais para anunciar a sua desistência e defendeu a unidade da bancada.
“Estive reunido com o meu partido e dialogando com os companheiros do meu grupo político e decidi retirar minha candidatura à coordenação da bancada federal maranhense. Irei apoiar o deputado Juscelino Filho. Faço isso em nome da unidade do grupo e para fortalecer nosso projeto de construir um Maranhão mais justo para todos”, disse o parlamentar pedetista no seu perfil no Instagram e Facebook, postando, inclusive, uma foto com o líder do PDT no Senado Federal, senador Weverton Rocha (MA) e o próprio deputado Juscelino.

Cutrim reforçou nas postagens que “a disputa é natural da política, assim como o diálogo”. Ele ressaltou que inicialmente havia colocado o seu nome movido pela vontade de contribuir com o trabalho da bancada.
“Mas acredito que o resultado que construímos juntos é o melhor para este momento. Então, o que começou como uma disputa saudável entre companheiros terminará como uma parceria sólida pelo Maranhão”, completou. (Gil Maranhão – Especial para O INFORMANTE)

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias