Fechar
Buscar no Site

Motorista que atropelou e matou urologista presta depoimento no Plantão do Maiobão

Já está prestando depoimento na delegacia do Maiobão o autor do atropelamento que provocou a morte do urologista Luís Carlos Cantanhede, de 56 anos, residente na Avenida dos Holandeses, na Ponta da Areia.

Trata-se de Gilson Carlos Barros Ferreira, residente na Unidade 105, Rua 6, casa, Cidade Operária, que dirigia um veículo Celta, prata, placas NND-5533-São Luís. De acordo com informações já levantadas pela Polícia, ele trafegava em alta velocidade, com sintomas de embriaguez e,com o asfalto molhado devido à chuva, perdeu o controle do veículo e passou para a outra pista, atropelando o médico, que se dirigia a pés com a família para São José de Ribamar.

Luís Carlos Cantanhede ainda foi levado para o Hospital São Domingos, onde foi atendido pelo próprio filho, que estava de plantão. Mas não resistiu.

Com a caminhada até São José de Ribamar, o urologista pagava uma promessa por estar se recuperando bem de um câncer.

Um agente penitenciário que passava no momento do acidente, a pedido do próprio autor do atropelamento, que temia ser linchado, levou-o para o Quartel da PM Canaã, de onde ele foi conduzido para o Plantão do Maiobão, onde presta depoimento nesse momento.

O primeiro teste de alcoolemia realizado no autor do atropelamento deu positivo.

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias