Fechar
Buscar no Site

Morre o pai de santo Bita do Barão, aos 106 anos

Foto: Reprodução

O INFORMANTE acaba de receber a informação, por meio do blogueiro Marco Silva, de Codó, de que o pai de santo Bita do Barão, 106 anos, não resistiu e morreu no início da tarde desta quinta-feira (18), no Hospital São Paulo, em Teresina.

Bita do Barão estava internado há cerca de quatro dias na Unidade de Terapia Intensiva. O Corpo será levado ainda hoje para a cidade de Codó. O velório vai acontecer na residência do pai de santo na rua R. Rui Barbosa, no Centro de Codó. Aguarde mais informações.

A trajetória do pai de santo Bita do Barão

Conhecido internacionalmente, Wilson Nonato de Souza (106 anos), mais conhecido como Bita do Barão, foi um famoso pai de santo de Codó, interior do Maranhão. O umbandista recebeu do ex-presidente José Sarney o título de Comendador da República, na década de 1980.

Filho de Cirilo Bispo de Souza (caxiense) e Olívia Ferreira de Souza, Bita do Barão nasceu no dia 10 de julho de 1912. Iniciou-se nos cultos afros aos 5 anos de idade, realizando trabalhos espirituais na localidade Santo Antônio dos Pretos, zona rural de Codó.

O pai de santo revelou que na infância ganhou do padrinho o apelido de “Bita” devido ser uma criança muito agitada. A palavra significa bode, no linguajar da cidade. O nome “Barão” recebeu por causa da entidade que diz incorporar desde os 15 anos de idade, o Barão de Guaré.

O pai de santo é fundador da Tenda Espírita de Umbanda Rainha de Iemanjá. No local, que funciona desde o dia 24 de junho de 1954, acontecem anualmente dois grandes eventos: Festejo aos Santos e Orixás, realizado no mês de agosto, e o Festejo de Santa Bárbara, comemorado em dezembro. Milhares de pessoas, incluindo turistas de outros países, visitam Codó todos os anos para acompanhar as duas festas.

Adepto do Terecô, uma das religiões afro-brasileiras praticadas pelos umbandistas codoenses, Bita do Barão também é conhecido no Brasil por sua proximidade com a família Sarney. Dentre as diversas histórias, contam que o pai de santo teria feito um despacho para que José Sarney assumisse o lugar de Tancredo Neves, morto no dia 21 de abril de 1985. Em entrevista ao jornalista Arthur Veríssimo, no ano de 2015, o umbandista negou a informação.

“Não, senhor. E, se tivesse feito, não falaria. Não tenho nada a ver com isso e não quero nem falar. Que Deus tenha o Tancredo lá junto dele, pronto”, disse.

A ex-governadora do Maranhão, Roseana Sarney, é madrinha de batismo da neta de Bita do Barão. Sempre que passa por Codó, ela faz questão de visitar a residência do pai de santo.

O mais popular pai de santo do Maranhão conseguiu, no dia 6 de agosto de 2015, mudar o seu nome de batismo. O juiz Holídice Cantanhêde Barros autorizou a mudança e o umbandista passou a assinar como Wilson Nonato Bita do Barão de Sousa. (Com blog do Marcos Silva)

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias