Fechar
Buscar no Site

Moro manda prender cúpula da Mendes Júnior

Moro determinou a prisão de três executivos da Mendes Júnior

O juiz Sergio Moro determinou a prisão de integrantes da cúpula do grupo Mendes Júnior, após condenação em segunda instância.

São alvos dos mandados de prisão os executivos Sergio Cunha Mendes, Rogério Cunha Pereira e Alberto Elísio Vilaça Gomes, condenados por corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Moro, como de costume, deu 24 horas para eles se apresentarem voluntariamente à Polícia Federal.

De acordo com a sentença confirmada pelo TRF-4, os executivos – que pagaram mais de R$ 31 milhões em propina por contratos na Petrobras – terão de cumprir as seguintes penas:

– Sérgio Cunha: 27 anos e dois meses de reclusão,

– Rogério Cunha, 18 anos e 9 meses,

– Alberto Elísio Vilaça, 11 anos e seis meses. (O Antagonista)

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias