Fechar
Buscar no Site

Modelos diferentes do Argo e para-brisa traseiro levam Icrim a concluir que Ayrton Pestana não matou Diogo

Perícia conclui que veículos Argo são diferentes, apesar da placa idêntica, o que inocenta Ayrton Pestana

O Instituto de Criminalística (Icrim) acaba de informar ao blog O INFORMANTE que o laudo realizado no veículo Argo vermelho, placas PTJ-2844, pertencente ao pai do jovem Ayrton Campos Pestana, suspeito de ter assassinado Diogo Adriano Costa Pestana, terça-feira, 16, na Lagoa da Jansen, constatou que não se trata do mesmo carro do crime. Segundo uma fonte do Icrim, foi constatado que um dos veículos é um Argo comum e o outro é modelo drive. E também que um deles possui limpador traseiro e o outro não.

Com essa constatação, Aytron Pestava deve ser colocado em liberdade a qualquer momento, segundo apurou o blog.

Nesta quinta-feira, um vídeo encaminhado ao JP online por familiares de Airton Pestana, e que também já estva em poder da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), foi submetido a perícia para ajudar nas investigações do homicídio. O vídeo mostra o Argo vermelho em outro local, estacionado na avenida da Camboa e depois abastecendo.

Mas o detalhe que acabou levando a perícia a concluir que se tratam de dois veículos da mesma marca, placa e cor foi foi o modelo; um comum e outro drive, além do limpador traseiro, que um possui e o outro não.

 

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias