Fechar
Buscar no Site

Mobilização por oxigênio para hospitais de Manaus vai dos EUA à Venezeula

O governo da Venezuela ofereceu ao Amazonas oxigênio hospitalar para atender o serviço de saúde de Manaus, que sofre com a falta do material e já começou a transferir pacientes a outros estados. A fornecedora Wihte Martis confirmou que tenta importar o insumo do país vizinho. Em paralelo, o Itamaraty pediu ajuda aos Estados Unidos para transportar oxigênio para a capital amazonense. Nesta madrugada, dois aviões da Força Aérea Brasileira desembarcaram em Manaus com 386 cilindros. O Amazonas vive novo colapso do sistema de saúde em meio ao aumento exponencial de casos, internações e mortes por Covid-19.

“Como posso julgar quem salvar, quem merece viver?”, questiona o médico intensivista Thales Stein, de 38 anos, que dirige hospital em Manaus. Profissionais da saúde narram a angústia e a sensação de impotência de acompanhar a evolução da pandemia.

Internautas resgataram mensagens publicadas no Twitter por deputados bolsonaristas comemorando o fim do lockdown em Manaus em dezembro. (Essencial – O Globo)

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias