Fechar
Buscar no Site

“Meio time do Sampaio”, acertou ‘na mosca’ o JP

Andrei: um 'monstro' no gol do Sampaio Correa Campeão do Nordeste

O Jornal Pequeno foi feliz com o comentário ‘Meio time do Sampaio’, publicado, quinta-feira, passada, em sua edição impressa. Grande parte do inédito título de ‘Campeão do Nordeste’, sacramentado no último sábado, em Salvador, diante de um estádio da Fonte Nova lotado com 55 mil pessoas, o Sampaio Correa deve às espetaculares e decisivas defesas do goleiro Andrei.
Eis, na íntegra, o artigo do JP:
“Com todo reconhecimento aos demais jogadores, mas temos que ressaltar que o goleiro Andrei é meio time do Sampaio Correa. Indubitavelmente, foi a melhor contratação feita pelo presidente Sérgio Frota desde que assumiu a presidência do clube.
A segurança que Andrei passa para os demais companheiros dentro de campo é responsável pelo bom desempenho do time desde que ele assumiu o arco boliviano. Andrei tem sido responsável por defesas espetaculares e decisivas que evitaram o Sampaio de sofrer gols que poderiam mudar resultado de partidas em que o representante maranhense saiu vitorioso tanto no Campeonato Brasileiro como na Copa do Nordeste.
No jogo contra o Bahia, o primeiro da decisão da Copa do Nordeste, quarta-feira, à noite, no Castelão, Andrei fez uma defesa espetacular que poderia ter mudado o resultado da partida. O Sampaio vencia por 1 a 0, quando o Bahia atacou pela direita e a bola foi cruzada pouco antes da linha da pequena área. O atacante baiano pegou de primeira, à ‘queima-roupa’. Andrei ‘se esticou’ e espalmou a bola, evitando o empate. No segundo tempo, defendeu uma outra cabeçada de dentro da pequena área. A bola ainda lhe escapou, bateu no canto da trave e voltou para as suas mãos, como se estivesse fazendo justiça pela bela defesa do goleiro tricolor.
Além das defesas sensacionais, Andrei tem uma excelente visão de saída de bola com as mãos e consegue proporcionar, com uma força incrível nos braços, contra-ataques perigosos após uma defesa. A elasticidade e agilidade de Andrei chegam a impressionar.
O presidente Sérgio Frota disse que já estava de olho em Andrei desde o jogo decisivo que classificou o Sampaio para a Série B, no Castelão, contra o Volta Redonda. Mas ele reconhece, também, que, logo após aquela partida tensa (1 a 1), em que o então goleiro do Volta Redonda fez tremer a torcida boliviana com seus tiros de meta alçados praticamente dentro da área do Sampaio, nos ‘eternos’ minutos finais daquele jogo, o jornalista Lourival Bogéa, que estava num camarote ao lado, chamou o presidente boliviano e falou: “Sérgio, traz esse goleiro para o Sampaio”. E foi a primeira coisa que ele fez. Sem dúvida, uma das maiores contratações do Sampaio dos últimos tempos”.

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias