Fechar
Buscar no Site

Mal elaborado, boletim sobre cirurgia de Brandão induz veículos de comunicação ao erro

Mal elaborado, um boletim médico divulgado pelo hospital da Beneficência Portuguesa de São Paulo induziu ao erro, nesta terça-feira, 7, veículos de comunicação da mídia eletrônica de São Luís.

A BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo informa que o governador do Maranhão, Carlos Orleans Brandão Júnior, foi submetido a um procedimento cirúrgico na unidade hospitalar BP Mirante, devido a um cisto renal nomeado Bosniak IV”, disse o boletim, completando: “O exame anátomo patológico revelou uma lesão papilífera com margens livres, que não necessita de tratamento complementar de quimioterapia ou radioterapia. Nesse momento, o paciente encontra-se em recuperação no pós-operatório, com breve previsão de alta”.

Carlos Brandão foi submetido a uma cirurgia para retirada de um cisto renal no dia 22 de março passado; portanto, há 16 dias. Ao informar, hoje, que o governador sofrera uma intervenção cirúrgica, o hospital paulista levou os jornalistas a imaginarem que se tratava de um novo procedimento; afinal, a operação de mais de duas semanas atrás não seria nenhuma novidade. Mesmo para contextualizar o resultado do exame, o boletim médico foi mal elaborado.

O exame anátomo-patológico mencionado no boletim médico visa ao diagnóstico de uma doença (patologia) por meio da análise de fragmentos de tecido ou órgão retirados por procedimentos de biópsia ou cirurgia. O diagnóstico é baseado na análise destas alterações morfológicas em conjunto com as informações clínicas. Esse exame “revelou uma lesão papilífera com margens livres, que não necessita de tratamento complementar de quimioterapia ou radioterapia”.

O boletim conclui informando que, “neste momento, o paciente encontra-se em recuperação no pós-operatório, com breve previsão de alta”.

Veja a íntegra de nota à imprensa distribuída pela BP:

“Nota à imprensa Boletim Médico

São Paulo, 07 de junho de 2022 – A BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo informa que o governador do Maranhão, Carlos Orleans Brandão Júnior, foi submetido a um procedimento cirúrgico na unidade hospitalar BP Mirante, devido a um cisto renal nomeado Bosniak IV.
O exame anátomo patológico revelou uma lesão papilífera com margens livres, que não necessita de tratamento complementar de quimioterapia ou radioterapia. Nesse momento, o paciente encontra-se em recuperação no pós-operatório, com breve previsão de alta.
Médicos responsáveis:
Dr. Marcelo Sampaio – Cardiologista
Dr. José Luis Chambo – Cirurgião Urologista
Diretor Executivo Médico da BP
Dr. Renato Vieira”

 

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias