Fechar
Buscar no Site

Maia teria sido ‘sujeito oculto’ nas votações que impuseram derrota ao governo

Capa da Crusoé

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM) teria sido o ‘sujeito oculto’ das três sessões que impuseram a derrota ao ministro Sergio Moro. A avaliação é da revista Crusoé.

De acordo com postagem feita na manhã desta sexta pela revista, Maia monitorou tudo a partir das informações que lhe eram passadas, quase em tempo real. Com elas, teria alinhavado a primeira estratégia para que os deputados dos partidos do Centrão votassem conforme o combinado; tanto na questão do Coaf quando na da Receita.

“Como muitos parlamentares se insurgiram contra a ordem” – sugere a Crusoé -, “Maia passou a considerar a possibilidade de deixar a MP caducar – o que, na prática, teria o mesmo efeito”.

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias