Fechar
Buscar no Site

Lula Fylho deixa a Semus sob pressão e abalado psicologicamente

 

Lula Fylho não é mais secretário de Saúde de São Luís. Em nota, a Prefeitura de São Luís acaba de informar a alteração no comando da Semus.

“A Prefeitura Municipal de São Luís informa alteração no comando da Secretaria Municipal de Saúde (Semus).

O nome do novo titular do órgão, que assume em substituição ao secretário Lula Fylho, será comunicado posteriormente”, diz a nota.

Em conversa com O INFORMANTE, na manhã deste sábado, 25, Lula Fylho disse que estava muito abalado psicologicamente e sob forte pressão em função dos últimos acontecimentos que o envolveram. Afirmou, ainda, que, nesta segunda-feira, iria conversar com o prefeito Edivaldo Holanda Filho para entregar o cargo. “Isso tudo está me prejudicando muito e à minha família, meus filhos”. disse Lula Fylho.

Operação Cobiça Fatal” – No dia 9 de julho, a Polícia Federal, com o apoio da Controladoria Geral da União – CGU, deflagrou em São Luís e São José do Ribamar a Operação Cobiça Fatal, visando desarticular uma suposta associação criminosa ligada a possíveis fraudes em licitações. As investigações foram iniciadas para verificar possíveis desvios de recursos públicos federais que seriam usados no combate à Covid-19.

Sessenta policiais cumprimento três mandados de prisão temporária e 14 de busca e apreensão, expedidos pela 1[ Vara Federal de São Luís/MA. Além disso, a PF efetuou sequestro de bens e bloqueio de contas de investigados, no total de R$ 2,3 milhões.

As apurações teriam detectado indícios de superfaturamento na compra de 320 mil máscaras pela Secretaria Municipal de Saúde de São Luís (Semus), no valor de R$ 9,90 a unidade, quando o preço médio praticado no mercado nacional seria de de R$ 3,17.

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias