Fechar
Buscar no Site

Líder do MST é assassinado dentro de hospital em Parauapebas (PA)

Foto: Reprodução

O líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) Waldomiro Costa Pereira, 57, foi assassinado a tiros, na madrugada desta segunda (20), na UTI do Hospital Geral de Parauapebas (PA), onde estava internado após sofrer um primeiro atentado, em Eldorado do Carajás (município vizinho).

Waldomiro deu entrada em estado grave no hospital às 18h do sábado (18), após ser baleado na cabeça, numa emboscada em Eldorado.

Às 3h de hoje (20), cinco homens armados invadiram a casa de saúde, armados com revólveres e pistolas, e terminaram de matar Waldomiro – que também era militante do PT e assessor do prefeito de Parauapebas, Darci Lermen (PMDB).

O MST paraense emitiu uma nota pedindo uma investigação rigorosa sobre o assassinato.

Waldomiro era muito atuante na conflituosa região de Eldorado do Carajás (sudeste do Pará), onde, em 17 de abril de 1996 ocorreu um massacre de trabalhadores sem terra pela Polícia Militar paraense, que deixou 19 mortos.

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias