Fechar
Buscar no Site

Jovem é queimado e morre após se recusar a fazer sexo a três

Foto: Reprodução

O jovem Jean Alexandre dos Santos, de 17 anos, morreu na madrugada dessa segunda-feira (19), no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), após 14 dias internado. Ele teve o corpo incendiado por dois homens no dia 6 de abril, após se negar fazer sexo com a dupla, no município de Pedro da Cipa.

Após o crime, a vítima foi socorrida e encaminhada para um hospital de Jaciara (143 km de Cuiabá). Por causa da complexidade, acabou sendo levado à capital do estado, com queimaduras de 2º e 3º graus, que atingiram cerca de 50% do seu corpo.

Jean Alexandre apresentou uma infecção generalizada e não resistiu.

José Augusto Ludwinsky dos Santos, de 21 anos, foi preso suspeito de praticar o crime.

O Caso

De acordo com as investigações, José e um outro homem estavam na casa dele, no bairro Vila Érica, ingerindo bebida alcóolica, quando a vítima chegou ao local. Em certo momento, houve uma discussão entre o suspeito e Jean, que mantinham um relacionamento.

O homem que estava na casa tentou intervir para acabar com a briga, contudo, José disse para ele não se meter. Em seguida, dentro do banheiro da casa, José pegou álcool, jogou na cabeça do jovem e ateou fogo usando um isqueiro.

Jean conseguiu caminhar até um vizinho e pedir socorro, mas por causa das graves lesões, não resistiu.

(Thayná Schuquel)

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias