Fechar
Buscar no Site

Já está preso agente penitenciário que matou corretor de imóveis na Petland

Foto: Reprodução

Já está preso o agente penitenciário (temporário), Édson Guedes, 39 anos, que na noite de segunda-feira, 09, assassinou a tiros, na frente da loja Petland, na Cohama, o corretor de imóveis Dino Márcio Pinho Rosa Formiga.

Édson se apresentou, nesta quarta-feira, 11, na Superintendência de Homicídio  e Proteção à Pessoa (SHPP), e foi dada a ele ordem de prisão em cumprimento a prisão temporária decretada pela Justiça.

O pedido de prisão foi feito pela SHPP, a 1h da madrugada de terça-feira, 10, horas após o crime, sendo atendido pela justiça. Ao se apresentar em companhia de advogado, Edson Guedes recebeu a ordem de prisão. O acusado prestou depoimento e foi recolhido às grades.

Dino Márcio foi assassinado em frente à loja Petland depois de fazer uma reclamação devido a um produto que havia comprado e ter constatado, em casa, que era errado.

O corretor era cliente da Petland, e foi à loja reclamar porque a ração que haviam vendido para seus gatos estava errada. Ao questionar, Dino teve uma discussão com o gerente da loja. O segurança Guedes o colocou para fora, o que acirrou mais ainda a discussão, até que o acusado sacou uma arma e disparou contra Dino Márcio, atingindo-o no tórax, abdômen e costas.

A vítima ainda foi levada para a UPA do Vinhais, mas já chegou sem vida.

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias