Fechar
Buscar no Site

Inaugurada primeira fábrica de cloro-soda em Codó

Foto: Reprodução

A cidade de Codó recebeu, neste sábado (7), o primeiro investimento do segmento de cloro-soda no Maranhão. As tratativas para a instalação do empreendimento orçado em R$ 45 milhões foram iniciadas pela Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc) com a empresa Alliance Química, em parceria com a prefeitura de Codó, em 2018.

O investimento trata-se de uma fábrica com 10 mil m² de área construída e capacidade produtiva de 12 toneladas por dia, entre hipoclorito de sódio, ácido clorídrico e soda cáustica. De acordo com a empresa, a produção vai atender todo o mercado maranhense e as regiões Norte e Nordeste do país.

O empreendimento foi entregue pelo secretário da Seinc, Simplício Araújo, que representou o governador Flávio Dino na ocasião; pelo prefeito de Codó, Francisco Nagib; por representantes da empresa e outras autoridades locais.

De acordo com Simplício Araújo, a fábrica integra o conjunto de ações da Seinc que favorecem a atração e instalação de empreendimentos estratégicos para a economia estadual e buscam garantir o desenvolvimento, a atração de mais investimentos, a competitividade industrial e a geração de emprego e renda.

“De um lado apoiamos esse empreendimento e, do outro, conseguimos promover um dinamismo e aquecimento a diversos segmentos econômicos. A atuação dessa fábrica pode atender outras cadeias produtivas locais, como a siderurgia, mineração, alumínio, metalurgia, têxtil e papel, por exemplo. Além disso, esse investimento ainda pode somar, sobretudo, para o tratamento de água local”, destacou o secretário.

Vários fatores contribuíram para a implementação da fábrica em Codó, dentre os quais destacam-se o ambiente favorável aos negócios no Maranhão e a localização privilegiada da cidade – que permite, facilmente, acesso a outras regiões e estados vizinhos.

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias