Fechar
Buscar no Site

Governo do Estado participa do 1º Festival Maranhense de Cachaça que começa hoje

Foto: Reprodução

 

Com apoio do Governo do Estado, começa hoje e segue até sábado, em São Luís, o 1° Festival Maranhense da Cachaça, promovido pelo Instituto Ecobio e Sindibebidas-MA. Dentro do evento, a participação do Governo se dará por meio dos espaços da Secretaria de Estado da Indústria e Comércio (Seinc), Secretaria de Estado do Turismo (Setur) e Secretaria de Estado de Agricultura e Pecuária (Sagrima).

Com uma proposta marcada pelo viés cultural, gastronômico, de negócios e lazer, o festival ocorrerá no Multicenter Negócios e Eventos (no bairro Cohafuma, em São Luís) e promete ser um dos maiores do segmento no Norte e Nordeste do país. O objetivo é promover um espaço democrático e de negócios que possa fortalecer o mercado de bebidas destiladas, destacando o potencial do agronegócio da cachaça, gim, tiquira, bebidas em geral e de toda a sua cadeia produtiva, reunindo produtores, empresas de equipamentos, insumos e serviços.

Serão mais de 60 estandes montados, com expectativa de um público de 20 mil pessoas.

A participação da cachaça artesanal vem crescendo no ranking dos produtos que ganham força no cenário do agronegócio maranhense, despertando a atenção do mercado nacional e internacional, mas não como commodity, a exemplo dos grãos de soja e milho, e sim como bebida gourmet.

O Maranhão é um dos estados brasileiros que se destaca na produção de cachaça, onde há cerca de 450 alambiques, com uma produção de, aproximadamente, 3 milhões de litros por ano, mas apesar de toda essa produção, tem menos de 20 marcas registradas, segundo o Sindicato das Indústrias de Bebidas, Refrigerantes, Água Mineral e Aguardente do Maranhão (SindiBebidas-MA).

Indústria e Comércio – No evento, a Seinc levará o ‘Armazém do Empreendedor do Maranhão’, que integra um conjunto de ações voltadas ao desenvolvimento do empreendedorismo e contará com mais de 20 empresas representantes de variados setores produtivos, tais como bebidas, alimentos, embalagens, serviços, entre outros.

Além da comercialização de produtos e prospecções de novos negócios, os estandes formarão uma grande vitrine de produtos e serviços genuinamente maranhenses.

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) também estará dentro do espaço institucional da Seinc, divulgando as ações e serviços da pasta, bem como a distribuição de mudas, reforçando a conscientização ambiental; divulgação de parceria para o gerenciamento de resíduos sólidos, com ponto de coleta de ‘bitucas’ de cigarros para a reciclagem, entre outras ações conjuntas que visam o desenvolvimento empresarial sustentável.

Turismo – A participação da Setur em mais um importante evento consolida a marca promocional ‘Maranhão de Encantos’ e fortalece a geração de networking e negócios.

O estande da Setur estará presente com comercialização de artesanato de 12 artesãos maranhenses, óculos de realidade virtual, folheteria e mapas turísticos no Centro de Atendimento ao Turista que funcionará no local. Estão em processo de construção rotas turísticas e gastronômicas, ambas envolvendo a degustação e visita às fazendas produtoras de cachaças no estado.

Agricultura e Pecuária – A Sagrima utilizará seu espaço no Festival da Cachaça para divulgar as feiras agropecuárias que serão realizadas em agosto, em Codó e Bacabal, e a 62ª Expoema, que acontecerá de 4 a 11 de setembro no Parque Independência, em São Luís.

Será realizada no estande da Sagrima uma ação de lançamento da Expoema e da programação dos shows principais do evento. O incentivo e o apoio ao setor agropecuário são uma das missões institucionais da Sagrima, onde as exposições e feiras agropecuárias são oportunidades de promover o setor e de mostrar ao público ações que visam estimular, ampliar, apoiar e fortalecer o setor produtivo do Maranhão.

 

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias