Fechar
Buscar no Site

Governo apresenta Diagnóstico para subsidiar Plano Diretor da Grande São Luís

Foto: Reprodução

 

Nessa sexta-feira (30), o Governo do Maranhão realiza audiência pública para apresentar o Diagnóstico Participativo, Econômico e Territorial, que subsidiará a elaboração do Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado (PDDI) da Grande São Luís.

A audiência ocorrerá a partir das 9h, no Auditório do Palácio Henrique de La Rocque. A apresentação do diagnóstico obedece à Lei Complementar Estadual (LCE) 174/2015, que estabelece o processo de planejamento e gestão metropolitanos.

Aberta à toda sociedade, em especial aos moradores dos 13 municípios que fazem parte da região (Alcântara, Axixá, Bacabeira, Cachoeira Grande, Icatu, Morros, Rosário, São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar, Raposa, Presidente Juscelino e Santa Rita), a audiência se consolida como um importante momento de debate sobre o PDDI, um instrumento necessário de direcionamento para o desenvolvimento socioeconômico e ordenamento territorial.

Diagnóstico – PDDI

O Diagnóstico do PDDI é elaborado pelo Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), autarquia vinculada à Secretaria de Estado de Programa Estratégicos (SEPE), Secretaria de Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid) e Agência Executiva Metropolitana (AGEM).

No Diagnóstico, serão disponibilizados os dados e análises que constituirão subsídios para a formulação de políticas que reflitam a complexidade da região metropolitana e a consequente definição de projetos e ações para o desenvolvimento regional.

A Grande São Luís – Os 13 municípios que compõem a Região somam 1.690.000 habitantes, concentrando 39% do PIB do Estado do Maranhão. Por meio do Diagnóstico que dará subsídios para a construção do Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado (PDDI), o Governo do Estado dá mais um importante passo para superar as barreiras e empecilhos impostos às políticas urbanas e à gestão interfederativa da Região Metropolitana da Grande São Luís.

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias