Fechar
Buscar no Site

Futuro governador, Brandão recebe apoio do deputado Rubens Jr para candidatura à reeleição

Rubens Jr manifestou sua predileção pelo nome de Carlos Brandão

O futuro governador do Maranhão, Carlos Brandão, que assume o cargo no início do próximo ano com a desincompatibilização de Flávio Dino, candidato natural ao Senado da República, recebeu, nesta sexta-feira, 22, mais um forte apoio à sua candidatura à reeleição, caso assim fique definido pelo grupo liderado pelo governador. Em entrevista ao programa Bom Dia Mirante, o deputado federal Rubens Pereira Jr. (PCdoB), revelou sua predileção ao nome do vice-governador do estado na corrida pela sucessão de Dino.
Rubens destacou o quanto Brandão está qualificado para o desafio e ressaltou seu perfil agregador. “Não queremos uma eleição que seja uma briga de partidos, ou políticos, para mim, hoje o mais importante é saber quem pode dar continuidade às ações do governador Flávio Dino. Como deputado federal, defenderei dentro do meu partido que o candidato seja o vice-governador Carlos Brandão” afirmou Rubens Jr.

O deputado enumerou ainda uma série de aspectos em que o Maranhão deu um salto nos governos Dino/Brandão. “O Maranhão hoje tem o maior IDEB de sua história, depois de um investimento histórico na educação e toda sua estrutura com mais de mil obras educacionais. Antes nós tínhamos UTI apenas em São Luís, Presidente Dutra e Coroatá, hoje temos uma rede que atende todo nosso estado, esses são apenas alguns dos tantos exemplos de quanto o Maranhão melhorou nos últimos anos e é essa rotina e empenho de trabalho que desejo que seja mantida pelo nosso estado” declarou o parlamentar.

Rubens ressaltou que Brandão tem uma vasta experiência no serviço público, tendo sido secretário em diversas oportunidades, além de deputado federal e vice-governador dos dois governos Dino, “experiências que o credenciam como melhor alternativa para dar continuidade àquele que é avaliado como um dos melhores governos do país”, finalizou.

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias