Fechar
Buscar no Site

Frigoríficos interditados vendiam mortadela, salsicha, frango, chester e peru contaminados

Foto: Reprodução

Os três frigoríficos interditados pelo Ministério da Agricultura após as denúncias de reveladas nesta sexta (17) pela Operação “Carne Fraca”, da PF, comercializavam frango, chester, peru, salsicha e mortadela contaminados.

A Unidade da BRF, em Mineiros (GO), produzia frango, chester e peru da marca Perdigão, com foco em exportação. A unidade teria exportado carne contaminada, e teria pago propinas a fiscais agropecuários para evitar seu fechamento.

Também interditadas, duas unidades da Peccin Agro Industrial (em Curitiba, no Paraná, e em Jaraguá do Sul, em Santa Catarina) produziam salsicha e mortadela.

A Peccin é acusada de “armazenamento em temperaturas absolutamente inadequadas, aproveitamento de partes do corpo de animais [cabeças de porco] proibidas pela legislação, utilização de produtos químicos cancerígenos [ácidos], produção de derivados com o uso de carnes contaminadas por bactérias e até putrefatas”.

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias