Fechar
Buscar no Site

Flávio Dino: “Quem acabou por evitar um imenso vexame foi a Petrobras”

Flávio Dino: "Expectativa de arrecadação era bem superior"

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), comentou com o site O Antagonista o resultado do leilão de hoje do pré-sal.

Ele disse que a expectativa de arrecadação era bem superior, “até porque se tratava de um leilão de bens já cabalmente identificados e, portanto, de baixo risco”.

Assim como o deputado Marcelo Ramos (PL) — veja abaixo –, Dino considera que questões políticas influenciaram no resultado.

“Creio que a opção política por táticas de permanente conflagração, gerando constantes instabilidades institucionais, é um dos fatores que quebra a confiança de investidores privados.”

O governador acrescentou que “quem acabou por evitar um imenso vexame no leilão foi a Petrobras, tão atacada nos últimos anos”. Na avaliação dele, “isso mostra que destruir todo o setor público não é um bom caminho”.

O que disse Marcelo Ramos – Para o deputado Marcelo Ramos (PL), que presidiu a comissão especial da reforma da Previdência, o resultado ruim do leilão de hoje do pré-sal se deve ao que ele considera “crise institucional permanente” no país.

Ele disse a O Antagonista:

“O Brasil vive uma crise institucional permanente, criada o tempo todo pelo presidente da República e por seus filhos: é claro que isso sinaliza instabilidade e acaba reprimindo investimentos e investidores.”

Ramos defendeu que “é hora de pacificar e unir o país” e que só Jair Bolsonaro pode fazer isso.

 

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias