Fechar
Buscar no Site

Flávio Dino anuncia início da vacinação para profissionais das forças policiais e forças armadas do estado

Flávio Dino grava vídeo destinado a forças policiais e forças armadas do Maranhão

O governador Flávio Dino gravou uma mensagem de vídeo, neste sábado, 03, destinada a profissionais das forças policiais e das forças armadas que trabalham no Maranhão.

No vídeo, Dino informa que nessa semana o secretário da Saúde, Carlos Lula, levou à reunião da CIT (Comissão Intergestores Tripartite) a proposta de inclusão dos profissionais dessas áreas no Plano Nacional de Imunização. A proposta foi aprovada e o governo do Maranhão decidiu adaptar o Plano Estadual de Imunização a estas novas diretrizes do plano nacional. Na mensagem, o governador maranhense convida todos os profissionais destas áreas a participarem da vacinação contra o coronavírus.

“Vai funcionar assim”, explicou Flávio Dino: “No caso de São Luís, nós vamos ter um serviço drive thru específico no São Luís Shopping, para os profissionais da segurança pública, das forças policiais e forças armadas. Teremos também o serviço de drive thru na cidade de Imperatriz, no Imperial Shopping: também exclusivo para os profissionais destas áreas. Estes serviços de imunização, no caso de São Luís e Imperatriz, começam já na segunda-feira. 4. Nós teremos também em outros 18 batalhões da Polícia Militar, em outras regiões, serviços também de imunização. Nesses 18 batalhões, o serviço começará na quarta-feira, 6. Pedimos que todos fiquem atentos às orientações dos seus comandos, uma vez que a vacinação vai se dar em fases, em etapas, como tem sido o plano nacional. Nós vamos começar segunda-feira, depois quarta-feira em outros 18 batalhões, e cada comando de cada unidade policial, cada delegacia regional, os comandos das forças armadas, o sistema penitenciário, no caso da polícia penal, irão transmitir as informações relativas a cada fase, em cada semana”.
Por fim, Flávio Dino faz um pedido: “Finalmente, quero fazer a vocês um pedido, um convite. Nós sabemos que há muitas dimensões derivadas da crise do coronavírus; uma delas é a dimensão social. Sabemos que há uma crise econômica nacional em face do coronavírus, Eu queria pedir a colaboração, a participação, uma sugestão para quem puder, para que os nossos policiais, para os pr1ofissionais das forças armadas, quando forem se vacinar levem um quilo de’ alimento – arroz, feijão… – porque nós vamos, por intermédio do Corpo de Bombeiros, garantir que mais cestas básicas cheguem à nossa população. O governo do Maranhão está chegando próximo a 400 mil cestas básicas distribuídas, por intermédio da ação do Corpo de Bombeiros, e esses alimentos doados vão ajudar messe importante trabalho. Muito obrigado a todos e uma feliz Páscoa”.

 

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias