Fechar
Buscar no Site

Fernando Sarney depõe como testemunha em caso de suposta tentativa de estelionato

Fernando Sarney teria sido vítima de um estelionatário

O empresário Fernando Sarney, um dos donos da TV Mirante (retransmissora da Rede Globo) e filho do ex-presidente José Sarney, prestou depoimento na manhã desta terça (28), como testemunha, no âmbito de um processo que envolve as ações de um homem que teria usado seu nome para tentar aplicar golpes.

A audiência foi na 7ª Vara Criminal, no Fórum Desembargador Sarney Costa, em São Luís. Fernando estava acompanhado de dois advogados.

Em um episódio posterior ao que resultou na audiência de hoje, o mesmo suposto estelionatário, identificado como Carlos Roberto Melo Prado, conhecido como Prado Carioca, hoje com 60 anos, se fez passar, em 2017, por Fernando, que preside o Conselho Deliberativo do Grupo Mirante, para tentar obter suposto patrocínio da faculdade de Gilmar Mendes.

Segundo reportagem, à época, no jornal O Estado do Maranhão, também da família Sarney, Prado ligou para o Instituto Brasiliense de Direito Público, em Brasília, em 24 de abril daquele ano.

Ele se apresentou como Fernando Sarney, dizendo-se ser o “todo poderoso do estado do Maranhão” e “dono de uma importante empresa de comunicação do estado”. O homem afirmou que gostaria de falar com o ministro sobre “negócios”. De acordo com a reportagem, Prado não chegou a ser recebido pelo ministro do STF. (O Antagonista)

 

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias