Fechar
Buscar no Site

Fachin rejeita recurso contra decisão do Supremo que permitiu prisão após 2ª instância

Decisão de Edson Fachin confirma que prisão pode ser feita após condenação em 2ª instância

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitou nesta terça-feira (20) recurso apresentado contra decisão de 2016, na qual a Corte permitiu o cumprimento da pena de prisão após uma condenação em segunda instância.

O ministro considerou que pedido para rever atual entendimento deverá ser discutido em novo julgamento das ações, de mérito.

A marcação da data cabe à presidente do STF, Cármen Lúcia.

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias