Fechar
Buscar no Site

Estados vão leiloar de aeroportos a matadouro ao setor privado

Um ampla agenda de concessões e parcerias público-privadas está na pauta dos estados para 2021. A carteira de projetos que serão ofertados ao setor privado é longa e inclui aeroportos, rodovias, concessionárias de energia elétrica e de saneamento, parques e até um abatedouro , em Alagoas. A estratégia é compartilhada por governos de diferentes partidos e em situações fiscais diversas. Em comum, buscam gestão mais eficiente e melhor alocação de recursos.

São Paulo tem o programa mais ambicioso e considerado por especialistas o mais atraente para grandes grupos. A concessão das linhas 8 e 9 da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) é tratada como joia da coroa. Estão previstos ainda a oferta de concessão do Zoológico e do Jardim Botânico, do Ginásio do Ibirapuera (foto), de estradas, parques e 22 aeroportos regionais.

No Rio, o maior projeto é a concessão da Cedae — o leilão está marcado para 30 de abril. No Rio Grande do Sul, o governo vai privatizar a distribuidora da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) em fevereiro. Enquanto isso, o governo da Bahia estrutura uma PPP para a revitalização do Pelourinho, no Centro Histórico de Salvador. (O Globo)

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias