Fechar
Buscar no Site

Em entrevista, Brandão afirma: “Agora é o momento da gente pensar nas pessoas”

Vice-governador Carlos Brandão (Foto: Divulgação)

Em entrevista ao quadro Bastidores, do Bom Dia Mirante desta terça-feira (30), o vice-governador Carlos Brandão deixou claro o seu posicionamento em relação às discussões em torno das eleições de 2022. Para ele, este não é o momento para que se preocupem com essas questões. “Não é uma pauta agradável para a população, que está com o seu parente, o seu irmão, o seu primo, no hospital. Não é uma coisa salutar; e eu vou esperar o momento certo, o momento em que o governador Flávio Dino sinalizar para a gente começar o debate. Eu prefiro deixar essa discussão mais para frente. Este é o tempo da gente pensar nas pessoas, nas vidas e nos empregos”, afirmou Brandão.

Sobre sua volta ao PSDB, ressaltou que, apesar de ter sido muito bem recebido no Republicanos, sua permanência na sigla ficaria complicada; afinal, o partido tem adotado uma postura de apoio a Bolsonaro. Isso conflitaria com sua posição política, já que mantém um pensamento equilibrado, de oposição à condução do presidente da República. Aceitando o convite de retorno ao ninho, com liberdade para trabalhar, Brandão disse que se dedicará a reforçar a sigla no Maranhão, assim como fez em sua primeira passagem como presidente estadual.

O vice-governador a todo instante mostrou a preocupação de informar ao telespectador sobre as ações do Governo no combate à pandemia. Destacou que a linha é trabalhar em duas frentes bem distintas: a preservação da vida e da economia, garantindo geração de emprego e de renda à população. Exemplificou, citando os vários benefícios anunciados recentemente pelo governador Flávio Dino, como: o Vale Gás; o Auxílio Combustível, para taxistas, mototaxistas e motoristas de aplicativo; a antecipação da primeira parcela do 13° salário do funcionalismo público; o adiamento do pagamento do ICMS, por parte das micro e pequenas empresas no Maranhão.

Brandão destacou ainda o trabalho que toda a equipe vem fazendo no sentido de ampliar a cobertura vacinal no estado. Falou sobre a contratação de cerca de seiscentos profissionais, por parte do Estado, que irão auxiliar os municípios no trabalho de vacinação e inclusão dos dados no sistema do Ministério da Saúde; lembrou que o Maranhão está se propondo a adquirir cerca de 4,5 milhões de doses da vacina russa Sputnik V, assim que ela tiver a liberação da Anvisa, em um investimento de cerca de R$ 260 mi; e anunciou que, na próxima segunda (05), estará no Instituto Butantan,  com o secretário de Estado da Saúde Carlos Lula, para conhecer a Butanvac, vacina que será inteiramente produzida no Brasil.

Por fim, o vice-governador pediu muitas orações a todos, especialmente nesta Semana Santa, ”para que possamos vencer a batalha contra o novo coronavírus”, finalizou.

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias