Fechar
Buscar no Site

Dossiê escancara relação do novo diretor da PF com Sarney e Lobão, diz Veja

Fernando Segóvia, com Leandro Daiello, a quem substituiu na chefia da PF. (Foto: Reprodução)

Um dossiê que circula em Brasília mostra as relações íntimas que o novo diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, ex-superintendente no Maranhão, tem com a família Sarney e com Edison Lobão.

De acordo com o documento, no período em que esteve no cargo no Maranhão, Segóvia morou na casa de um empreiteiro ligado a Lobão.

Há relatos também da proximidade de Segóvia com o clã Sarney. O delegado e sua esposa iam a festas com os Sarney, tendo passado inclusive um carnaval com Roseana.

O temor na PF é que Segóvia venha com a missão de acabar com a Lava Jato, dada a sua estreita ligação com políticos envolvidos na operação.

Para reforçar esse temor, é provável que ele coloque em cargos-chave os delegados Reinaldo Cézar, ex-assessor de Sarney, e Sandro Avelar, ex-secretário do ex-governador do DF Agnelo Queiroz (PT). (Com Radar, da Veja Online)

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias