Fechar
Buscar no Site

Dono da Havan é notificado pelo Ministério Público por uso da bandeira nacional

"Luciano Hang: "Prefiro ser preso a deixar de usar o símbolo em minhas lojas"

O empresário Luciano Hang, da Havan, está tendo problemas por usar a imagem da bandeira do Brasil. Há cerca de um mês, ele foi notificado pelo Ministério Público por colocar a flâmula em um cartão de compras que a empresa dá aos clientes.

“Expliquei que a distribuição do cartão é gratuita e que fazemos isso como uma forma de patriotismo”, diz Hang. Um dos principais apoiadores de Jair Bolsonaro entre os empresários, ele costuma se vestir com um terno verde e gravata amarela.
Hang começou a receber também “interpelações pelas redes sociais” com questionamentos sobre o uso da bandeira nas lojas da rede. Eles invocam a lei sobre a apresentação dos símbolos nacionais. “Vou esperar para ser preso, mas não vou deixar de usar a bandeira”, diz Hang. Ele já falou com integrantes do governo Bolsonaro para que a lei seja alterada. (Mônica Bergamo – Folha)

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias