Fechar
Buscar no Site

Desemprego atinge recorde de 14% e pode passar de 20%

A taxa de desemprego chegou 14,4% na quarta semana de setembro, patamar recorde entre as pesquisas do IBGE sobre o impacto da pandemia do coronavírus no mercado de trabalho. O resultado equivale a 14 milhões de pessoas sem trabalho.
Segundo o IBGE, o avanço na taxa pode estar ligado ao aumento no número de pessoas em busca de trabalho em meio à retomada das atividades.
Em paralelo, de acordo com a pesquisa, 15,3 milhões de pessoas gostariam de trabalhar, mas não procuraram vaga por causa da pandemia ou por não encontrar oportunidade perto de onde moram.
O auxílio emergencial está segurando trabalhadores em casa, e quando eles voltarem ao mercado em busca de vaga, a taxa de desemprego pode chegar a 26% — mais de um quarto da nossa força de trabalho —, destaca Cássia Almeida, no Analítico. “Seriam quase 30 milhões de trabalhadores nessa condição”. (O Globo)

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias